Páginas

Luiza Sandler

Luiza Sandler
Luiza Sandler

esculturas, idéias, trajetos:
pedaços catados, ferro velho, fios de poste, palavras, pequenas interessâncias eu desenho no espaço


sculptures, ideas, paths:
collected pieces, scrap metal, post wires, words, small interesting things I drawing in space


Luiza Sandler é artista plástica formada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp - 2003), com especialização em Soldagem Industrial pelo SENAI (2002). Mestra pela Universidade Estadual de São Paulo (UNESP-2016), sob orientação do Prof. Dr. José Spaniol.

Sua produção artística iniciou-se em 2001, tendo a escultura em metal como técnica principal. Desenvolve pesquisa a respeito das conexões entre a criação escultórica e a cidade, considerando as relações de escala e entre escultura, espaço e corpo.

Atuante na área da educação em artes visuais desde 1998, iniciou sua trajetória como monitora de exposições. Trabalhou nas seguintes instituições: Febem (Projeto FebemArte), Fundação Bienal de São Paulo (Projeto Ambulante – 28ª Bienal) e Prefeitura Municipal de São Paulo, nos Projetos Emia (2004), ADI Magistério (2004) e Piá (2009) e Escola Alef - São Paulo, onde atualmente leciona Marcenaria, tendo colaborado com a inserção dessa disciplina no currícular do 4º ano do Ensino Fundamental 1.

Participou das exposições coletivas no Espaço Cultural Evolução (Campinas/SP - 2001), no 40º Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba (2008), em exposição coletiva no Centro Cultural Casa Simón Bolívar, La Habana, Cuba (2010), Espaço Enquanto (2011) e Casa de Tijolo (2011). Suas exposições individuais: Ateliê Funilaria e Pintura (2009), Galeria La Minima-SP (2015), Galeria de Arte da UNESP (2016), SESC Campinas (2016).


01 outubro 2011

dentro da noite veloz - uma fotografia aérea

(...)
em si mesma
e escondida
debaixo dos telhados lá embaixo sob
as folhas
lá embaixo no escuro
sonoro no capim dentro
do verde
do capim

junto à noite da terra entre
formigas
(minha vida)
nos cabelos do ventre e morno
do corpo por dentro da usina
da vida
em cada corpo em cada
habitante
dentro
de cada coisa
clamando em cada casa
a cidade
sob o calor da tarde
quando o avião passou (...)

Ferreira Gullar

14 fevereiro 2011

Exposição Travesia - Centro Cultural Simón Bolívar - La Habana - Cuba - Julho 2010

ESPAÇO (instalação) 200 X 150 X 400 cm (dimensões da área ocupada)



as partes do todo: detalhes das peças da instalação




em todas as direções
30 X 30 X 23 cm








planta
15 X 15 X 8 cm 





a porta
40 X 40 X 40 cm
(fotos da peça em movimento)







a porta: detalhe



01 fevereiro 2011

PAR

Aço, cobre, latão e alumínio.
20 X 35 X 15 cm.
Agosto de 2010







03 janeiro 2011

espaço esboço

e s p a ç o   e s b o ç o
40 x 40 x 40cm
aço e latão
2008



detalhe - espaço esboço

trajeto


 t            r            a            j          e            t           o
t     r     a          .          j     e         .          t     o
sm (lat trajectu) 1 Espaço que alguém ou alguma coisa tem de percorrer, para passar de um lugar para outro.     2     Ação     de     percorrer     esse     espaço.     3     O     caminho     andado    ou    por    andar.
         dicionário aurélio

Seguidores